jo

O uso do véu na Igreja

A Bíblia faz referência a vários véus. Encontramos o véu sendo usado como um costume em Gênesis 24:65; como disfarce em Gênesis 38:14-19; como vaidade em Isaías 3:16-26; o chamado véu de Moisés que lhe cobria o rosto e não a cabeça, pois não é próprio do varão cobrir a cabeça, I Coríntios 11:7, referido em II Coríntios 3:13-16 ilustrando a ignorância, incredulidade do coração humano que por Cristo foi abolido quando o aceitamos como o Senhor da vida e Salvador da alma, véu este que continua posto no coração dos judeus que não reconhecem até o dia de hoje ao Senhor Jesus Cristo, como o Messias e Salvador do mundo; o véu do Tabernáculo, Êxodo 26:33; o véu do templo, I Crônicas 21:28-30; 22-1; II Crônicas 3:1,14; Marcos 15:38 e Lucas 23:45 que foi rasgado quando o Senhor Jesus morreu e finalmente o VÉU USADO NA IGREJA PRIMITIVA, “a mulher deve, por causa dos anjos, trazer véu na cabeça, como sinal de autoridade”, I Coríntios 11:10. Se em Gênesis 24:65 por causa de um homem, seu noivo, Rebeca cobre-se, que diremos das irmãs quando cultuam ao Senhor, com os anjos “que se acampam ao redor dos que O temem”, Salmo 34:7 e mais “sendo eles (anjos) espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação”, Hebreus 1:14, por isso deve a mulher se cobrir com o véu. “O cabelo foi dado em lugar de véu” em todas as demais ocasiões fora do culto, quando está no lar, na rua, etc…, I Coríntios 11:15, mas quando ora ou profetiza, “PONHA O VÉU”, I Coríntios 11:5,6. Véu é véu, cabelo é cabelo. Cabelo não é coisa que se tira e põe quando se quer. Aqui não se refere ponha o cabelo, como se ele tivesse sido tirado… O uso do véu nas igrejas que militam na Obra da Restauração, sobre a cabeça das mulheres, já está na sua prática gloriosa e neotestamentária, como foi no princípio.

 

Pr.Elmir Guimarães Maia

Envie para um amigo





Envie para um amigo